Street Fighter | Série de TV baseada no game está em desenvolvimento

Projeto tem os criadores de Assassin’s Fist na produção.

Segundo o Deadline, a Entertainment One e Mark Gordon fecharam um acordo para produzir uma série de TV baseada no game “Street Fighter“. A produção teria o comando de Joey AnsahJacqueline Quella e Mark Wooding, responsáveis pela web-série Street Fighter: Assassin’s Fist (que você confere no vídeo abaixo).

Em nota, Gordon se mostra empolgado com o projeto, valorizando a diversidade de tramas e personagens.


“Street Fighter é uma franquia global, que conquistou imenso sucesso comercial em todo o mundo, construindo um vasta base de fãs dedicados que só cresceu ao longo de seu legado de 30 anos. Estamos entusiasmados por unir forças com Joey, Jacqueline e Mark, que já estão profundamente ligados a essa marca, para trazer essa história adorada para o público de televisão em todos os lugares. Um ponto especial em Street Fighter é sua ampla gama de personagens etnicamente diversa apresentada nos jogos. Isso nos permitirá construir um universo de TV inclusivo e envolvente”.

Capcom se pronunciou por meio de Yoshinori Ono (criador do game), acreditando que os produtores têm o que é necessário para finalmente elevar a franquia como uma das grandes adaptações de jogos em live-action.

“Depois de uma longa busca, guiada pela equipe por trás de Assassin’s Fist, temos o prazer de fazer uma parceria com uma empresa com a excelência de Mark Gordon e eOne. Eles têm as credenciais para nos ajudar a lançar uma adaptação fiel de Street Fighter como uma grande série de TV”.

As notícias dão conta que a nova série será fiel ao material original, com Ryu, Ken, Guile e Chun-Li como protagonistas. M. Bison também está confirmado na série como líder da organização criminosa Shadaloo.

Outras informações sobre a produção – como emissora responsável pela transmissão, elenco ou data de estreia – ainda não foram revelados.

About Jean Riediger

Apreciador de cinema, séries e games. Administrador, editor e fundador do site Mega Cinema.

View all posts by Jean Riediger →